fbpx

Crônica: IMORTALIDADE E A MITOLOGIA GREGA

A mitologia grega nos traz grandes lições.

É conhecida a história de Cadmo, o mais belo dos príncipes troianos quando embarcou rumo a ilha de Samotrácia para se encontrar com sua noiva, a princesa Harmonia, com a qual iria se casar.

Ao chegar à ilha Harmonia lhe convida a subir em sua biga, totalmente de ouro, puxada por um leão e um javali. Não há a possibilidade de conflito entre os dois animais porque estão todos no reino da Harmonia.

O casal segue até o edifício onde será celebrado o casamento e seguindo os ritos nupciais Harmonia entra primeiro e Cadmo aguarda na entrada.

Harmonia atravessa o corredor central até chegar ao altar principal onde estão todos os deuses do Olimpo. Começa então uma das partes mais importantes da cerimônia que é a entrega dos presentes.

Em primeiro lugar Harmonia recebe os presentes dos amigos, depois dos irmãos, depois os convidados e depois dos presentes dos Deuses.

Atenea, a Deusa da Sabedoria lhe entrega um manto mágico que se torna invisível ou visível dependendo da situação. Quando ela estiver frente de uma verdade o manto se tornará visível e quando ela estiver frente a uma falsidade ou mentira o manto se tornará invisível.

Demeter, a Deusa da Agricultura lhe presenteia com a mais fértil das colheitas, enquanto Hefest o Deus da Tecnologia lhe entrega a joia mais maravilhosa que se pode imaginar.

Finalmente Zeus, o Deus da Religiosidade, o mais poderoso dos Deuses do Olimpo lhe entrega, nada comparável aos demais objetos. Ele a presenteia com a perfeição.

Agora só resta ela receber o presente de Cadmio, seu noivo…

Então Cadmio se aproxima de Harmonia, pega-lhe as mãos e as junta em forma de concha. Em seguida, retira pequenos objetos, de dentro de uma pequena bolsa, e começa a depositá-los sobre as mãos de Harmonia. Nota-se que são peças muito pequenas e frágeis, como as asas de uma borboleta.

À medida que as peças começam a ser depositadas nas mãos de Harmonia, o Deus Zeus se levanta e completamente fora de si, ordena a todos os demais Deuses que desapareçam dali e retornem ao Olimpo.

Naquele exato momento Zeus percebeu o que aquelas pequenas peças frágeis, dadas por Cadmio a Harmonia, significavam.

Zeus sabia o que aqueles pequenos símbolos iriam significar, para todos os homens. Ele sabia que a partir daquele momento, com aqueles pequenos símbolos depositados nas mãos de Harmonia, os homens passariam a ter um dos dons mais importantes, que até então, era privilégio somente dos Deuses.

Os pequenos símbolos nada mais eram que as primeiras letras do alfabeto.

Assim, com o conhecimento das letras os homens passariam a ter a capacidade de perpetuar, através da escrita, toda a memória da humanidade. A ira de Zeus tinha um grande motivo.

Ali Zeus percebeu o que o poder da escrita daria de importante a todos os homens…

A partir da escrita os homens seriam imortais como os Deuses!

José Luiz Ricchetti – 12/04/2022

thiagomelego

thiagomelego

Jornalista por tempo de serviço, Radialista, Administrador, tecnólogo em Recursos Humanos. Estuda Análise e Desenvolvimento de Sistemas.
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com