fbpx

Diretor da Irizar fala sobre casos de covid e acredita que mercado deve se recuperar em 2022

O Diretor Financeiro da Irizar Brasil, Paulo Sérgio Cadorin, concedeu uma entrevista na manhã desta terça-feira a Thiago Melego e Arnaldo Pereira, no Jornal das 7, da Rádio Nova e esclareceu sobre os casos de covid detectados dentro da empresa.

Segundo ele, todos os colaboradores foram vacinados e são assintomáticos. O próprio diretor ficou internado por quase 60 dias por ter pego o vírus quando ainda não havia vacina e disse que a empresa não mede esforços para garantir a segurança e saúde de seus colaboradores.

Ainda na entrevista, Cadorin disse que 2022 será um ano de muita esperança e acredita que será o ano em que muita coisa será semeada a o mercado deve estar recuperado já em 2023, uma vez que a Irizar vem conquistando novos mercados e a dificuldade na obtenção de matérias-primas deve ser superada.

Ouça a íntegra da entrevista:

Nota emitida pela empresa:

NOTA DE IMPRENSA

Botucatu, 20 de dezembro de 2021

A Irizar Brasil reitera através desta nota seu compromisso com a saúde de todos os colaboradores, familiares e sociedade local e recorda que desde o início da pandemia estabeleceu uma Política de Cuidados Sanitários e Prevenção à COVID-19 que se estendeu por todos os setores da fábrica.

Mesmo com todos estes esforços realizados, lamentavelmente na última semana foi registrado um aumento considerável no número de casos positivos dentro da empresa, após uma amostragem em massa realizada pela Vigilância Sanitária do Município.

Assim que tomou conhecimento do fato, a Diretoria da Irizar imediatamente decidiu suspender o expediente dos dias 21, 22 e 23 colocando-os em banco de dias, conforme acordo previsto com o Sindicato dos Metalúrgicos assim como. Este período se emendará a dias considerados como ponte e posteriores férias coletivas. O objetivo da ação, em primeira instância, é frear a disseminação do COVID-19 entre os colaboradores visando à preservação coletiva de saúde.

Apenas alguns poucos grupos de trabalho serão mantidos dentro da empresa até o dia 23 de dezembro para a finalização de projetos cujo prazo de entrega é ainda para 2021. Todas as pessoas pertencentes a estes grupos já foram testadas e apenas foram autorizadas a trabalhar mediante o resultado negativo de seus testes para COVID.

Por fim, a empresa salienta sua preocupação mediante a tendência global de aumento de número de casos positivos e reafirma que, no que depender das iniciativas internas, seguirá intensificando as medidas de prevenção.

thiagomelego

thiagomelego

Jornalista por tempo de serviço, Radialista, Administrador, tecnólogo em Recursos Humanos. Estuda Análise e Desenvolvimento de Sistemas.
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com