Com Dener Castaldi, São Manuel tem 06 pré-candidatos a prefeito

postado em: geral, política | 0

A menos de um ano para as eleições municipais, a cidade de São Manuel conta até agora com 06 potenciais pré-candidatos a prefeito. Dener Castaldi foi o sexto a anunciar sua pretensão. Atualmente, vários nomes já se colocaram o nome a disposição , seja de maneira formal ou conversa entre amigos:

01) Odirlei Félix (Baixinho da São Geraldo) – Vereador Oposição
02) Silvio Franco – Vereador Oposição
03) Pedro Biandan* (ou algum outro nome do PV) – Ex-vice prefeito de São Manuel
04) Milton Monti – Ex-prefeito e ex-deputado federal
05) Dr. Dener Castaldi – ex-vereador e advogado
06) Ricardo Salaro – prefeito

Há muito tempo o vereador Odirlei Félix vem anunciando que já fez tudo o que podia como vereador e que suas funções são limitadas. Para o pleito de 2020, há quem diga que ele apenas aceitaria ser o vice-prefeito de Flavinho Silva, que por sua vez, nega qualquer possibilidade de candidatura. Atualmente, Baixinho tem participado de muitos eventos sociais e sempre acompanhado de seu amigo Fernando Fefê (vereador Fernando Santos), seu provável pré-candidato a vice-prefeito.

Silvio Franco está em seu segundo mandato como vereador. No primeiro foi oposição. Neste segundo, nos primeiros meses foi situação, até que se rebelou contra o prefeito Ricardo Salaro e migrou para a oposição (novamente). Recentemente o “blog Cornetando” de Sandro Dálio divulgou uma possibilidade dele ser o vice-prefeito numa eventual chapa encabeçada por Milton Monti. O vereador nega, mas, ninguém coloca a mão no fogo sobre esta possibilidade.

Pedro Biandan é uma pessoa com baixa rejeição política. O que existe de negativo sobre ele seria alguma herança do tempo em que foi vice-prefeito de Marcos Monti. Claro que ele naquela condição, tinha que concordar e apoiar as decisões do mandatário. Hoje, em novo partido, Pedro deixou claro em entrevista a Thiago Melego, no Área 14 (clique aqui para assistir) que nenhum grupo resiste a uma derrota (ou seja, não está mais ligado ao grupo do ex-deputado Milton Monti) e que agora integra o PV. Não negou a vontade de se pré-candidatar ao cargo de prefeito, mas que essa decisão, seria tomada pelo seu partido e vários fatores políticos em um período mais próximo as eleições.

Milton Monti oficialmente nunca se manifestou. Quem se encarrega de trazer seus anseios são as pessoas que estão em seu entorno. Embora anunciasse publicamente desde 2010 que não mais concorreria ao cargo de deputado federal, este foi reeleito em 2014 e tentou novamente em 2018, mas desta última vez, sem sucesso. As pessoas próximas dizem que o sonho de Miltinho seria finalizar sua carreira política como prefeito de São Manuel (será?). E que ele seria o “prefeito da transformação”.

Por outro lado, Miltinho é suplente em seu partido e seria o próximo a assumir uma vaga (novamente) na Câmara Federal, caso algum deputado de sua coligação deixasse o cargo. E acontece que o deputado federal Miguel Lombardi, tem a pretensão de se candidatar a prefeito de Limeira. Caso assim ele decida, dizem que suas chances são quase certas. Neste cenário, a escolha de Miltinho seria continuar com Deputado Federal e não se candidatar a prefeito de São Manuel.

Dener Castaldi foi vereador por seis mandatos. Havia decidido não mais concorrer a vereador e agora, com mais experiência política e de vida, decidiu também colocar seu nome a disposição para uma pré-candidatura a prefeito de São Manuel.

Ricardo Salaro é o atual prefeito da cidade, foi eleito com mais de 15 mil votos e naturalmente é um pré-candidato a reeleição. Conhecido por seu perfil de administrador e nada político, Ricardo comprou briga com boa parte dos que participaram de sua campanha por não atender aos anseios destes. Uma coisa é fato, nenhum dos adversários questionam sobre a idoneidade de Salaro, que corre contra o tempo, para mostrar com obras e melhorias nos serviços públicos que está implantando seu plano de governo em São Manuel.

Como dito no começo desta matéria, falta menos de um ano para as eleições de 2020 e até lá, muita coisa deve mudar e muitos acertos políticos devem acontecer. Por hora, é isso!

Gostou? Compartilhe e ajude mais pessoas a ter informação!
error0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *