São Manuel registra 52 casos positivos de dengue em 2024

São Manuel registra 52 casos positivos de dengue em 2024

A Diretoria Municipal de Saúde de São Manuel divulgou um total de 80 notificações relacionadas a suspeitas de casos de dengue em 2024, sendo 52 dessas positivas.

Dos casos positivos, 50 são autóctones (originários da região) e 2 importados. Além disso, foram registrados 28 casos que foram testados e apresentaram resultados negativos.

O bairro com maior incidência é a Vila São Geraldo com 29 casos positivos (sendo 28 autóctones e 1 importado), seguido pelo bairro Santa Mônica com 9 casos autóctones e a Cohab V com 7 casos também autóctones.

A equipe da vigilância epidemiológica municipal está aderindo às diretrizes estabelecidas pelo protocolo da vigilância estadual. Isso envolve a realização de visitas às residências afetadas, aplicação de nebulizações quando necessário, especialmente em ações de bloqueio nos casos positivos, promoção de atividades educativas em escolas, residências e outros espaços, controle de criadouros do mosquito transmissor, avaliação da densidade larvária e notificação de casos.

A Prefeitura de São Manuel orienta a população a manter os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. Entre as medidas preventivas estão:

  • Manter quintais e jardins limpos, sem acúmulo de água;
  • Evitar deixar água parada em recipientes, como vasos de plantas, garrafas, pneus, baldes e outros;
  • Tampar caixas d’água e cisternas;
  • Limpar calhas e ralos com frequência;
  • Colocar areia nos pratos dos vasos de plantas;
  • Guardar garrafas e outros recipientes em local seco e arejado;
  • Não deixar lixo acumulado em terrenos baldios;
  • Utilizar repelentes e roupas compridas quando estiver exposto ao mosquito.

A dengue é uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Os sintomas mais comuns são febre alta, dor de cabeça, dor no corpo, dor nas articulações, dor atrás dos olhos, manchas vermelhas na pele e náuseas.

Em casos graves, a dengue pode levar a hemorragias, choque e morte.

Share this content:

Thiago Melego

Radialista e jornalista. Formado em administração de empresas, gestão de recursos humanos, MBA em negociação e vendas. Atualmente cursando Análise e Desenvolvimento de Software.

Os comentários estão fechados.

Proudly powered by WordPress | Theme: Content by SpiceThemes

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com