VOCÊ SABE DE ONDE EU VENHO?

O maior feito do exército brasileiro na segunda guerra mundial foi a tomada do Monte Castello, na Itália.

O êxito da conquista foi creditado a enorme bravura dos soldados brasileiros que, sob condições severas do clima e com pouco treinamento, conseguiram se superar e tomar essa montanha, local estratégico para o avanço dos aliados rumo à Europa Central. 

Conta-se que o fator determinante, foi quando, durante a subida do monte, rastejando em meio ao frio e a neve, embaixo do fogo inimigo, um dos combatentes teria dito ao outro, bem ao seu lado:

– Estamos aqui neste inferno, podemos morrer a qualquer momento e não sei seu nome e nem de onde você é. 

– Você sabe de onde eu venho? 

A partir daquele diálogo, um a um, os demais soldados começaram a gritar para os demais companheiros de batalha, essa pergunta, como se fosse um grito de guerra, motivando todos a prosseguir, apesar das grandes dificuldades e do frio intenso. 

E assim começaram a pipocar no front os gritos de todos aqueles soldados: 

– Você sabe de onde eu venho? 

– Eu venho da Bahia!

– Você sabe de onde eu venho? 

– Eu venho de São Paulo!

– Você sabe de onde eu venho? 

– Eu venho dos Pampas!

– Você sabe de onde eu venho? 

– Eu venho do Pantanal! 

– Você sabe de onde eu venho? 

– Eu venho do Rio de Janeiro!

(………)

Acho que esta mesma frase a gente pode aplicar, com orgulho, para a nossa querida cidade natal, local onde Deus nos determinou nascer ou quem sabe a cidade que nós mesmos escolhemos, antes de vir para o Planeta Terra.

Você sabe de onde eu venho?

Eu venho de São Manuel!

E quantas vezes a gente não ouviu a outra pessoa, nos responder assim:

– São Miguel? Onde fica?

– Meu amigo, o nome da minha cidade não é São Miguel, é São Manuel! 

– Você sabe onde fica? 

– Nunca ouvi falar….

Nestas horas eu costumo brincar e dizer:

– Você conhece Bauru? Ribeirão Preto? Araraquara, Sorocaba? São Carlos, Jundiaí? Campinas? 

– Sim claro que conheço, são as principais cidades do Estado!

– Pois é meu amigo, todas elas pertencem ao ‘Grande São Manuel’! 

E continuando a brincadeira, eu ainda digo:

– São Manuel tem mais de um milhão de habitantes, embora a maioria não resida mais na cidade! 

– Os são-manuelenses estão espalhados pelo mundo! 

Brincadeiras à parte, eu posso dizer, com as inúmeras viagens que já fiz pelo mundo, que encontrei são-manuelenses em muitos lugares inesperados. 

Já os encontrei em cidades como New York, Chicago, Miami…, em países como Holanda, Espanha, Japão, Cingapura, sem contar a enorme quantidade de conterrâneos que sabemos estão espalhados pelos quatro cantos deste nosso Brasil!….

Assim, toda vez, que alguém me pergunta:

– De onde você é? Eu respondo com aquela mesma pergunta dos pracinhas da FEB: 

– Você sabe de onde eu venho? 

Eu venho da cidade:

Das mais produtivas fazendas do ciclo do café

Dos grandes armazéns de secos e molhados

Das inúmeras e sofisticadas lojas de tecidos

De um dos maiores magazines do interior paulista

De uma das melhores Escolas Agrícola do país

Do eficiente e respeitado Tiro de Guerra TG47

Do Instituto de Educação Estadual de inesquecíveis mestres 

Do mais famoso e disputado carnaval do interior paulista

Da mais antiga procissão de Corpus Christi 

Da gostosa e alegre festa da Aparecidinha

Do majestoso Santuário de Santa Terezinha

Dos fantásticos e ricos desfiles de 7 de setembro

Dos saudosos e disputados bailes do clube recreativo

Do cinema chique, onde só se entrava de paletó e gravata

Da mais simpática estação ferroviária da Alta Sorocabana

Das pacatas ruas com calçamentos de paralelepípedo

Do belíssimo jardim com seu caramanchão, ‘vai e vem’ e coreto 

Do imponente Paço Municipal, com seu relógio de 4 lados

Do povo mais querido, alegre e hospitaleiro.

E inspirado no hino dos Pracinhas da FEB eu termino com estes versos:

Por mais terras que eu percorra

Não permita Deus que eu morra

Sem que volte outras vezes para lá

Nem que seja só para sentir sua leve brisa

Levando gravado no peito um grande S que simboliza

A enorme saudade que sinto de uns tempos para cá

E agora? Você sabe de onde eu venho?

José Luiz Ricchetti – 18/07/2021

https://www.facebook.com/Ricchetti.Escritor
https://www.instagram.com/ricchetti.escritor
thiagomelego

thiagomelego

Jornalista por tempo de serviço, Radialista, Administrador, tecnólogo em Recursos Humanos. Estuda Análise e Desenvolvimento de Sistemas.