2020 – Um ano para não esquecer. – Por José Luiz Ricchetti

by thiagomelego 4 de janeiro de 2021 at 2:40 PM
Comentários desativados em 2020 – Um ano para não esquecer. – Por José Luiz Ricchetti

Ouço sempre as pessoas, a mídia, empresários e vários amigos me dizerem, o tempo todo, que este ano de 2020 foi um ano perdido!

Acho que por pior que sejam as coisas, temos que nos lembrar que tudo nesta vida é uma experiência e estamos aqui nesta terra para cumprir a nossa missão.

A visão espiritualista, diz que todos nós, antes de nascermos, já sabemos de todas as grandes provas pelas quais iremos passar. 

É por isso que acredito que se tivemos a coragem necessária de nascer aqui é porque sabíamos o que teríamos que viver, passar e cumprir.

O ano de 2020, com toda esta confusão do vírus e da pandemia e suas consequências, foi com certeza, um desses pontos importantes, que todos nós sabíamos que iríamos ter que enfrentar. 

Mesmo assim, não recuamos e viemos para exercer o nosso papel.

Enquanto o nosso coração bate, enquanto a luz do amor ainda está acessa na nossa alma, não importa aonde estejamos e qual seja a nossa situação. 

Como seres humanos, continuamos responsáveis pela nossa missão. 

Nada ocorre por acaso nesta vida, tudo tem um sentido, um propósito, uma razão.

Tem uma história interessante que ouvi outro dia, de um amigo judeu, que entendo reflete bem este momento, pelo qual passamos e qual a melhor maneira de encará-lo.

“Sua família havia emigrado para o Canadá, já há uns 30 anos….

No dia do 92º aniversário do seu avô Jacob, quando todos os familiares estavam ali reunidos e festejando, o avô recebe uma chamada, de um dos mais importantes rabinos de Israel, muito amigo da família. Orgulhoso, coloca o celular em viva voz, para que todos ouçam quem está lhe ligando e começa a conversar com o rabino.

Depois de receber os cumprimentos o avô Jacob, com entusiasmo arrisca pedir ao rabino, se ele não poderia escrever um pedido especial e colocá-lo no ‘muro das lamentações’ em seu nome.

O Rabino então responde: – Claro, Jacob, imagino que você queira que eu faça um agradecimento, pois afinal não é todo dia que se faz 92 anos, com essa saúde toda!

Então o avô, imediatamente, contesta:

– Não caro rabino! O meu objetivo não é agradecer pelos meus 92 anos!

– Eu preciso de um pedido especial, porque estou começando um novo negócio, na Ásia, do qual, não tenho, ainda, o menor conhecimento!

Em seguida se fez um profundo silêncio na ligação……

Ansioso, o avô pergunta:

– Rabino? Não vai me dizer nada?

Se ouve uma respiração profunda do outro lado, e logo em seguida o rabino responde:

– Caro Jacob, que mais eu posso dizer para alguém que está iniciando uma nova empresa aos 92 anos de idade? ”

Essa história nos mostra, não só um enorme otimismo, mas a fé inabalável de uma pessoa, que mesmo com idade avançada, sabe o que quer, conhece a sua missão e continua firme trabalhando e olhando para o futuro.

Recentemente, um artigo, sobre empreendedores de sucesso, mostrava que todos eles tinham começado a carreira de sucesso só depois dos 50 anos. 

Lá estavam na lista muitas das marcas famosas que conhecemos:✓ Henry Ford que criou a Ford Motors com quase 50 anos.✓ Henri Nestlé, que fundou a Nestlé aos 52 anos.✓ John Pemberton que inventou a Coca-Cola aos 55 anos.✓ Charles Flint que fundou a IBM aos 61 anos.✓ Harland Sanders que abriu a KFC aos 62 anos.✓ Ray Kroc que fundou o McDonald’s aos 52 anos.

Pois é….

Nessa lista vemos muitas das grandes empresas que conhecemos e que foram transformadas em sucesso por empreendedores de meia idade. 

Todos eles, tinham 3 coisas em comum: ➢ Eram otimistas e nunca desistiam do seu objetivo.➢ Aprenderam com seus erros e sempremantiveram a fé.➢ Tinham foco nos seus objetivos, até atingir o sucesso.

É por isso que temos que encarar este ano de 2020 com esta mesma lente objetiva, com esta mesma visão.

Devemos aprender com ele e não desistir jamais, mas acreditar sempre!

Não pense que este ano foi perdido, ele foi apenas um ano diferente. 

O ano de 2020 foi um ano especial e do qual, todos nós, iremos nos lembrar para o resto de nossas vidas.

Este ano, foi um ano de mudanças de paradigmas, de redefinição de valores.

Daqui para a frente iremos mudar a nossa maneira de pensar, de encarar a vida, de valorizar a família e saber quem são os nossos verdadeiros amigos.

Foi um ano de perdas para muitas famílias, é verdade, mas também de grandes descobertaspessoais, de separação do joio do trigo. 

Foi um ano em que aprendemos a dar o verdadeiro valor e sentido, para o que vale a pena, o que realmente importa nesta vida.

Foi um ano em que descobrirmos ‘QUEM’ e o ‘QUE’ é importante!

Todos nós sempre temos muitas coisas para aprender, com tudo o que acontece.

Em toda e qualquer experiência existe algo de positivo e não podemos esquecer que são as dificuldades que nos abrem as portas e nos escancaram as janelas do autoconhecimento.

Este ano foi uma grande oportunidade para nos conhecermos melhor. 

Afinal as derrotas sempre trazem lições importantes, muito mais do que qualquer grande vitória.

Vamos manter o otimismo e acreditar que após o seu término, sairemos todos muito mais maduros, muito mais fortalecidos, muito mais espiritualizados e principalmente conhecendo os reais valores da vida.

Este ano de 2020, nos trouxe a consciência de que o homem é muito frágil, em relação a natureza e ao poder de Deus, mas tem sempre que manter a sua fé e acreditar.

Tem que aprender e conservar os seus valores e sentimentos, para continuar em frente e cumprir a sua missão, com amor, sem fugir nem fraquejar.

Não tenhamos medo das mudanças, pois as coisas boas só vão embora quando outras, muito melhores, estão por vir.

Deus é Pai e é sempre a resposta, não importa a pergunta.

Afinal, não interessa a cor do céu pela manhã, quempode fazer o dia brilhar somos nós!