CHEGAMOS AO FINAL DE 2020 HO HO HO! Por Edilaine de Góis Tedeschi

Olá meus queridos leitores. Esse ano foi muito diferente de tudo que já vivemos pandemia, isolamento, lock down, isolamento, desempregado, enfim.

Atravessamos um ano de muito aprendizado na área da saúde, convivemos com palavras até então desconhecidas como saturação, respiradores, intubação, contágios….

No Judiciário o STF não voltou a ocupar seu papel de herói e age como o vilão da nação. A todo instante somos surpreendidos com a judicialização da política, da economia, da saúde, o com o tenebroso inquérito do fim do mundo somos proibidos de manifestar as opiniões divergentes, o que seria normal na Democracia. No entanto, espantosamente a ditadura não vem da política e sim do órgão colegiado supremo. Ameaças as seus integrantes devem ser coibidas, mas instaurar-se um inquérito contrariando os princípios elementares do Direito Penal, é realmente o fim do mundo.

Encerramos o ano com o coração apertado, com noites de insônia, pois não sabemos realmente o que esperar de 2021, conviveremos com a COVID-19 que já se transformou em COVID-20, continuaremos com as mesmas dúvidas sobre as vacinas, se terão a eficácia desejada, se nos trará reações adversas consideráveis, se continuaremos com o isolamento social e aulas e audiências remotas.

O ano mesmo assim, voou. Tenho a sensação que o ano se resumiu a um único dia, cheio de tarefas, onde as horas passaram sem perceber e com muita confusão, como se estivéssemos num filme de ficção científica, vivemos em uma montanha russa com inúmeros sobressaltos.

Mas chegamos ao fim de um ano eletrizante, com muitas perdas de amigos queridos, mas não podemos nos esquecer de que temos um motivo para festejar o Natal que é a comemoração do nascimento de Jesus Cristo e diante dessa grandeza todos os nossos problemas e sentimentos de angústia e aflição são amenizados.

Devemos olhar para o passado, aprender com as atribulações e procurar soluções e melhorias para o futuro. Vamos atrás da “rosa do deserto” que insiste em brotar em terreno arenoso e infértil apenas para mostrar a grandeza do universo e nos dar a certeza de que não estamos sós.

Meu desejo sincero a todos vocês que acompanham o Área 14 e gostam da Coluna, independentemente do credo religioso, do partido político ou do time de futebol, é que todos vocês tenham um ótimo e Santo Natal em família, seja a família natural ou a família de amigos queridos.

Muita Saúde e Felicidade e façam o seguinte: fiquem pelo menos 1 minuto em silêncio, fechem os olhos, agradeçam por tudo o que aconteceu não se esqueçam de que os momentos de tristeza e desilusões também são necessários para nosso crescimento espiritual. Limpem a mente!

Joguem fora todas as mágoas e coisas desagradáveis, apaguem esses arquivos da sua memória; resetem o HD! Preencham os espaços vazios com muita Paz, Amor e Alegria. Façam do limão uma boa limonada refrescante e vivam um dia de cada vez.

Procurem fazer pelas pessoas insensíveis e não verdadeiras, exatamente o contrário, pois é dando que recebe. Pensem no que vocês desejariam que fizessem por vocês e façam pelos outros. Tenham certeza que para ser feliz, não precisa ter muito dinheiro. Os bens materiais que conquistamos ficam aqui mesmo, não levamos nada para a espiritualidade, a não ser nós mesmos, e os herdeiros que ficam fazem uma verdadeira guerra na hora da partilha dos bens e falam mal do falecido na hora de pagar os impostos devidos, rsss.
Pensem em simplicidade. Ser feliz é poder acordar todos os dias e ver que a vida continua apesar dos desencantos. Ser feliz é pensar que você tem uma família, um canto para morar, comida quentinha na hora do almoço, o soborô na hora do jantar. Ser feliz é poder rir de pequenas coisas, é rir com os filhos, é rir de si mesmo, assistir um filme na companhia daqueles que amamos, é poder acordar todos os dias e ver que mesmo quando chove, o Sol nos traz a luz. É acreditar que Deus está em nossas vidas e não espera nada de nós, a não ser que façamos o bem a nós mesmos em primeiro lugar e que possamos fazer o bem na vida das pessoas.
Agradeço a todos que de uma forma ou outra estiveram e estão ao meu lado, na torcida pela superação dos obstáculos, no trabalho do dia a dia e que passaram a fazer parte da minha vida. Agradeço a Deus pela família que tenho, pelos amigos, colegas de trabalho e clientes conquistados.

Se o fim do mundo estiver próximo kkk – todo ano dizem que está e ele nunca chega – vamos terminar o mundo na companhia das pessoas amadas e com muita felicidade e simplicidade acima de tudo. Se nada acontecer, vocês podem sugerir temas de artigo diretamente a colunista pelo e-mail do site.

Bom Natal para todos com muito amor. Feliz Ano Novo e até o ano que vem se Deus quiser! HO HO HO!

thiagomelego

thiagomelego

Jornalista por tempo de serviço, Radialista, Administrador, tecnólogo em Recursos Humanos. Estuda Análise e Desenvolvimento de Sistemas.
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com