Botucatu: Homem morto, apontado como um dos criminosos do ataque, era morador de Botucatu

by thiagomelego 30 de julho de 2020 at 10:51 PM
Comentários desativados em Botucatu: Homem morto, apontado como um dos criminosos do ataque, era morador de Botucatu

Uma informação que pode ajudar a Polícia na investigação sobre a quadrilha de criminosos, fortemente armada, que atacou Botucatu na noite de quarta-feira, 29, e na madrugada de quinta-feira, 30, foi confirmada no final desta tarde.  

O homem de 29 anos, que foi morto no confronto com a Polícia, na manhã desta quinta-feira, na Rodovia Domingos Sartori, apontado como um dos criminosos, é morador de Botucatu, da Vila Real. Segundo informações da Polícia, após a troca de tiros, ele chegou a ser socorrido ao Hospital das Clínicas, mas não resistiu.

Às 09h50, o Hospital das Clínicas de Botucatu emitiu uma nota oficial sobre o óbito do homem e dois policiais feridos.

O Pronto Socorro Referenciado do HCFMB recebeu três vítimas até o momento:

2 policiais militares, sexo masculino, de Sorocaba e Avaré respectivamente, vítimas de arma de fogo. Ambos encontram-se estáveis e sob cuidados em nosso Hospital,

1 integrante da quadrilha de criminosos, sexo masculino, por volta de 40 anos, vítima de arma de fogo, que evoluiu a óbito após dar entrada no PSR do HCFMB.

constava na nota

Dr. Luís Carlos Medina, advogado da família do homem que foi morto conversou com a reportagem. “A família me passou que há suas semanas ele saiu de casa e foi morar debaixo do viaduto (na Domingo Sartori, sobre a Rodovia Marechal Rondon). Os familiares alegam que ele não tem ligação com esse crime”, disse.

O homem que foi morto já tem passagem policial, pelo crime de furto, e ficou preso.

A Polícia ainda não conseguiu precisar o número de criminosos envolvidos na ação, mas aponta que seria cerca de 40 pessoas. Os ladrões estavam fortemente armados e usavam máscaras e coletes à prova de balas. Dois policiais ficaram levemente feridos após trocar tiros com os assaltantes. Eles estão fora de risco.

A Polícia diz, ainda, que é possível que seja uma ação orquestrada por uma quadrilha especializada de roubo a banco que receba auxílio do PCC, em retaliação ao grande número de apreensão de drogas. Investigações em andamento devem apontar a motivação do crime e seus responsáveis.

Até o momento a Polícia Civil confirma apenas a morte de um dos criminosos e não divulgou nenhuma prisão.

Leia Notícias