Botucatu iguala a sua pior taxa de isolamento social desde o início da pandemia: 36%

by thiagomelego 26 de julho de 2020 at 5:44 PM
Comentários desativados em Botucatu iguala a sua pior taxa de isolamento social desde o início da pandemia: 36%

Na sexta-feira, 25 de julho, Botucatu atingiu um de seus mais baixos índices de isolamento social desde o início da quarentena. Com 36%, o município ainda ocupa a 8ª posição entre as piores taxas de quarentena em todo o Estado, indica levantamento do governo paulista.

A taxa fica seis pontos percentuais abaixo da média estadual, que foi de 42%. Com o registrado em Botucatu, 52.600 botucatuenses respeitaram algum tipo de  isolamento. O cálculo é feito em projeção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que considera o município com 146 mil habitantes.

Após um pico de 45% no domingo, 19 de julho, o índice voltou a apresentar queda e esteve entre 36% na terça-feira, 21 de julho, e 38% nos demais dias da semana. Botucatu também apresenta isolamento social menor em cidades da região como Avaré (41%), Jaú (37%) e igual a Bauru (36%).

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o índice ideal para se evitar o contágio da covid-19 é que o isolamento esteja em torno de 70%. Já o governo estadual recomenda que este valor seja igual ou superior a 50%. O isolamento social também é fator preponderante para a classificação no Plano São Paulo, que consiste na flexibilização das atividades econômicas.

Estes indicadores são medidos pelo governo paulista em 104 cidades acima de 70 mil habitantes, por meio da análise de mobilidade dos telefones celulares. As informações são aglutinadas e anonimizadas sem desrespeitar a privacidade de cada usuário. Os dados de georreferenciamento servem para aprimorar as medidas de isolamento social para enfrentamento ao coronavírus.

Botucatu possui 1104 casos confirmados de covid-19, com 24 óbitos. Cidade ainda acumula alta no número de  recuperados, chegando a 801, representando 72,4% do total.

Flávio Fogueral