Vacinação contra a gripe influenza pode ser tomada nas unidades de saúde do Município, obedecendo as regras de distanciamento social e uso de mascaras

by thiagomelego 3 de julho de 2020 at 4:52 PM
Comentários desativados em Vacinação contra a gripe influenza pode ser tomada nas unidades de saúde do Município, obedecendo as regras de distanciamento social e uso de mascaras

O Governo do Estado de São Paulo decidiu liberar a vacinação contra a gripe para pessoas de todas as faixas etárias a partir do último dia 1º. A medida foi definida após reunião do Governador João Doria com especialistas e visa à proteção da população contra o vírus Influenza, reduzindo o número de pacientes com sintomas respiratórios na rede de saúde de SP.A campanha também foi prorrogada oficialmente até 24 de julho e a população poderá ser vacinada enquanto houver doses disponíveis nos postos. A vacina é segura, eficaz e protege contra as complicações da gripe, como pneumonias.Embora a imunização não esteja mais restrita aos grupos prioritários, a Secretaria de Estado da Saúde faz um apelo especial para a importância de ampliar a cobertura vacinal entre crianças com idade de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes e puérperas, pois os índices nestes públicos ainda são inferiores a 60%.“É muito importante que pessoas que se enquadram nestes grupos vulneráveis busquem a unidade de saúde mais próxima de sua residência A protege contra as complicações da gripe e não causa a doença”, aponta a diretora de Imunização da Secretaria, Nubia Araújo.Em São Manuel a vacinação ainda não atingiu a cobertura necessária para crianças, faltando aproximadamente 1.000 delas para serem vacinadas; gestantes também ainda faltam tomar a vacina, bem como um número de aproximadamente 500 adultos na faixa etária entre 55-59 anos, segundo números fornecidos pela Diretoria Municipal de saúde.As metas de vacinação foram plenamente alcançadas para idosos e trabalhadores na área da saúde.CORONAVÍRUSA vacina contra a gripe não imuniza contra o novo coronavírus, mas a campanha é fundamental para reduzir o número de pessoas com sintomas respiratórios nos próximos meses. “Além de proteger a população contra a Influenza, precisamos minimizar o impacto sobre os serviços de saúde em meio a pandemia de COVID-19, já que os sintomas destas doenças são semelhantes”, diz o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.DISTANCIAMENTOA orientação aos profissionais que trabalham na campanha é para que haja organização da fila e do ambiente. Além disso, é importante realizar uma triagem com identificação de sintomático respiratório – presença de febre, tosse, coriza e falta de ar. Se a pessoa apresentar febre ou mau estado geral, deve ser colocada máscara no paciente e adiada a vacina, com recomendação para seguir o isolamento domiciliar.As equipes devem anotar as doses aplicadas, com mesas e distanciamento de pelo menos 1 metro entre o anotador e paciente. Cada profissional tem a recomendação de usar caneta própria e álcool deverá ficar disponível para uso. O vacinador deve seguir as normas de higienização.ATENDIMENTOAs doses da vacina podem ser encontradas em todas as Unidades de Saúde do Município que funcionam das 7h00 às 17h00, menos o Postão e a Unidade da Cohab I, que funcionam até as 20h00 de segunda a sexta-feira.

Gostou? Compartilhe e ajude mais pessoas a ter informação!