Especialistas recomendam tirar os tapetes de casa enquanto pandemia continuar

by thiagomelego 21 de maio de 2020 at 9:14 PM
Comentários desativados em Especialistas recomendam tirar os tapetes de casa enquanto pandemia continuar

BE1DA28A-7F59-45C3-A7A2-BFC4E9F405B2

Com a pandemia de COVID-19, muita gente intensificou a limpeza da casa – e, além de manter hábitos como o de desinfetar maçanetas e de deixar do lado de fora os sapatos usados para sair de casa, há um item que, segundo especialistas, requer atenção especial: o tapete. Isso porque, como vírus permanecem vivos por horas e até dias, os tapetes podem ser grandes vetores.

Tapetes pedem cuidados especiais

Conforme explica o infectologista Estevão Urbano, do Grupo Oncoclínicas, não há grandes estudos que tragam dados concretos sobre o assunto, mas há coerência em ver os tapetes como possivelmente “perigosos” neste momento. Segundo ele, o item entra muito em contato com os sapatos, que, por sua vez, podem trazer da rua o novo coronavírus.

tapete sala casa 0420 1400x800
PR IMAGE FACTORY/SHUTTERSTOCK

“Como os sapatos trazem, eventualmente, gotículas que foram espirradas ou tossidas em superfícies para os tapetes, e como o vírus pode ficar horas e até dias vivo nessas superfícies, a higienização deles poderia contribuir para a minimização das infecções”, afirma o médico, ressaltando que eles representam problema especialmente para quem entra muito em contato com eles e tende a colocar a mão na boca (como crianças).

Segundo a infectologista Raquel Muarrek, por ora, o ideal é retirar os tapetes dos cômodos – e, se não for possível, é preciso higienizá-los todos os dias, ao menos com um aspirador. Para fazer a limpeza correta, tanto ela quanto Urbano afirmam que água e sabão é uma combinação eficiente. “E eventualmente uma exposição ao sol de uma a duas horas também, pela ação dos raios ultravioleta, poderia ajudar a eliminar o vírus”, diz o médico.

É importante lembrar, porém, que nada disso invalida as recomendações de se deixar os sapatos do lado de fora da casa ao entrar, nem a de manter a higiene das mãos frequente ou de evitar tocar o rosto com elas.

Fonte: Vix

Gostou? Compartilhe e ajude mais pessoas a ter informação!