📻 Rádio Canoa Grande migra para o FM

by thiagomelego 1 de janeiro de 2020 at 6:55 PM
Comentários desativados em 📻 Rádio Canoa Grande migra para o FM

Pioneira: Canoa Grande é a primeira da região a migrar para o FM

Emissora modernizou os estúdios e investiu em novos equipamentos

A Rádio Canoa Grande (Igaraçu do Tietê) foi a primeira emissora AM de nossa região a migrar para o FM.

O início das transmissões começou neste quarta-feira, 01 de janeiro de 2020, na frequência 90,7 FM, com 300w, a emissora é a pioneira na migração.

Para o gerente da emissora, Marcelo Marinello, este é um momento muito importante pois a rádio consegue atingir um público maior e principalmente com mais qualidade de áudio e menos interferência.

Em entrevista ao Área 14, Marcelo explicou que o processo não foi simples. Começou lá atrás em 2014 quando a família Perico, que gerencia a emissora, concordou em fazer a migração.

Esse foi um grande feito da família que já é tradicional no meio da comunicação e sempre pleiteou por um canal em FM.

Foi ali que teve início uma adaptação da programação, onde tudo passou a ser cuidadosamente feito para que o público atual não sentisse uma mudança brusca. Enquanto isso, a parte burocrática da coisa foi andando.

Finalmente no fim do ano passado o governo autorizou a entrada da emissora no ar. Até o meio deste ano deve ocorrer a transmissão simultaneamente em AM e Fm. Depois, somente em FM.

Segundo apurado pelo Área 14, todas as demais emissoras da região também solicitaram a migração. Apenas as de Bauru (Rádio Bandeirantes AM e AuriVerde), Pederneiras e Brotas conseguiram mudar para o FM no ano passado.

Carlos Cespede (técnico) e Marcelo Marinello (gerente) após testar novo transmissor em FM
Gostou? Compartilhe e ajude mais pessoas a ter informação!
error0