Feliz ano novo, por Edilaine de Góis Tedeschi

                        Olá meus queridos leitores. Estamos bem próximos de 2020!

                        Atravessamos 2019 com a economia estagnada. A Reforma Trabalhista impactou as relações de trabalho e a Reforma da Previdência Social foi aprovada e os ataques às instituições, principalmente ao Poder Judiciário, aumentaram. Enceramos o ano de olho nas eleições Municipais, aguardando a Reforma Previdenciária Estadual, a Reforma Tributária e a Administrativa, passamos o tempo ansiosos, pois não sabemos realmente o que esperar de 2020.

                         O ano de 2019 foi tão rápido que me pergunto: será que o minuto ainda tem 60 segundos?! A cada minuto que passa tenho a real impressão que os minutos tem 10 segundos, tamanha a correria do dia a dia.

                        Passamos um ano dividido com a política, muitas amizades desfeitas por conta de ideologias e penso que, se realmente fossem amizades, não seriam desfeitas, uma vez que os amigos devem se respeitar sempre. Essa divisão refletiu em todos os segmentos sociais e trouxe sentimentos de incertezas para o futuro. Mas, sinceramente, se ficarmos amarrados a esses sentimentos não sairemos do lugar. Devemos olhar para o passado, aprender com as desilusões e procurar soluções e melhorias para o futuro. Vamos atrás da “rosa do deserto” que insiste em brotar em terreno arenoso e infértil apenas para mostrar a grandeza do universo e nos dar a certeza de que não estamos sós.

Meu desejo sincero a todos vocês que acompanham o Área 14, e esta coluna, independentemente do credo religioso, do partido político ou do time de futebol, é que todos tenham muita Saúde e Felicidade e façam o seguinte: fiquem pelo menos 1 minuto em silêncio, fechem os olhos, agradeçam por tudo o que aconteceu não se esqueçam de que os momentos de tristeza e desilusões também são necessários para nosso crescimento espiritual e façam uma retrospectiva do ano de 2019. Limpem a mente!

Joguem fora todas as mágoas e coisas desagradáveis, apaguem esses arquivos da sua memória; resetem o HD! Tudo já passou! Preencham os espaços vazios com muita Paz, Amor e Alegria. Façam do limão uma boa limonada refrescante e vivam um dia de cada vez. Procurem fazer pelas pessoas insensíveis e não verdadeiras, exatamente o contrário, pois é dando que se recebe. Pensem no que vocês desejariam que fizessem por vocês e façam pelos outros. Tenham certeza que para ser feliz, não precisa ter muito dinheiro. Os bens materiais que conquistamos ficam aqui mesmo, não levamos nada para a espiritualidade, a não ser nós mesmos, e os herdeiros que ficam fazem uma verdadeira guerra na hora da partilha dos bens e falam mal do falecido na hora de pagar os impostos devidos, rsss.

Pensem em simplicidade. Ser feliz é poder acordar todos os dias e ver que a vida continua apesar dos desencantos. Ser feliz é pensar que você tem uma família, um canto para morar, comida quentinha na hora do almoço, o soborô na hora do jantar. Ser feliz é poder rir de pequenas coisas, é rir com os filhos, é rir de si mesmo, assistir um filme na companhia daqueles que amamos, é poder acordar todos os dias e ver que mesmo quando chove, o Sol nos traz a luz. É acreditar que Deus está em nossas vidas e não espera nada de nós, a não ser que façamos o bem a nós mesmos em primeiro lugar e que possamos fazer o bem na vida das pessoas.

Agradeço a todos que de uma forma ou outra estiveram e estão ao meu lado, na torcida pela superação dos obstáculos, no trabalho do dia a dia e que passaram a fazer parte da minha vida. Agradeço a Deus pela família que tenho, pelos amigos, colegas de trabalho e clientes conquistados.

Se o fim do mundo estiver próximo kkk – todo ano dizem que está e ele nunca chega – vamos terminar o mundo na companhia das pessoas amadas e com muita felicidade e simplicidade acima de tudo. Se nada acontecer, vocês podem sugerir temas de artigo diretamente para a colunista ou diretamente para a redação do Área 14.

 Feliz Ano Novo e até o ano que vem se Deus quiser! HO HO HO!

SOBRE A AUTORA:
Edilaine Rodrigues de Gois Tedeschi. Advogada, inscrita na OAB/SP nº 134.890, especialista em Direito Civil, Processo Civil e Direito Tributário, pós-graduada pela Escola Superior da Advocacia com MBA pela Fundação Getúlio Vargas.

thiagomelego

thiagomelego

Jornalista por tempo de serviço, Radialista, Administrador, tecnólogo em Recursos Humanos. Estuda Análise e Desenvolvimento de Sistemas.
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com