Biousina em São Manuel será vitrine para outros municípios

A implantação de um consórcio que resultará na criação de uma biousina que irá incinerar o lixo de São Manuel e mais 18 cidades será uma vitrine, que servirá de incentivo para os demais municípios do Brasil.

O projeto capitaneado pelo prefeito Ricardo Salaro, baseia-se na construção de uma usina que terá a capacidade neste primeiro momento de incinerar 173 toneladas de lixo por dia.

A saída da usina é a ambientalmente mais correta. Uma vez ativa, a usina poderia firmar acordos e construir novos módulos conforme a demanda.

Antes de ser incinerado, o lixo conta com 60 ou 70% de umidade. Após incinerado, essa umidade se transforma em vapor de água e tendo os devidos filtros, é liberada na atmosfera, não causando assim qualquer dano ao meio ambiente.

O restante seria fumo negro (usado na industria de pneus) e tem as cinzas cristalizadas que você pode enterrar ou vender a industria de cimentos, ou seja, o mínimo seria enterrado, pois grande parte poderia ser vendido e seria dinheiro que entraria para a usina.

O prefeito Ricardo Salaro esteve em Brasília tratando de diversos assuntos envolvendo a nossa cidade na manhã da quarta-feira (10). Na oportunidade, foi recebido pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, tratando de diversos assuntos, mas tendo como foco principal o projeto de construção da Usina de tratamento de lixo urbano,

O ministro Ricardo Salles disse ao prefeito que este projeto terá o total apoio do Ministério. “Vamos trata-lo como exemplo, para que possamos implanta-los em outros Municípios” disse o Ministro.

Para o prefeito Ricardo Salaro esse apoio do Ministro Ricardo Salles será fundamental para que o projeto se desenvolva.

thiagomelego

thiagomelego

Jornalista por tempo de serviço, Radialista, Administrador, tecnólogo em Recursos Humanos. Cursa MBA em Negociação e Vendas. Estuda Análise e Desenvolvimento de Sistemas.
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com