Câmara de Areiópolis abre comissão que pode cassar prefeito Toni Cadete

Uma comissão processante foi aberta para investigar possível infração político administrativa cometida pelo prefeito de Areiópolis, Antônio Marcos dos Santos (PR) . Dos nove vereadores, sete votaram a favor da denúncia.

A denúncia foi feita por moradores de Areiópolis. Segundo o que foi apresentado por eles na câmara municipal, o prefeito Antonio Marcos dos Santos, conhecido como Toni, teria contratado funcionários da educação através de processo seletivo, para trabalhar no lugar de professores concursados.

A sessão durou pouco mais de duas horas. Por 7 votos a 2, os vereadores aprovaram a abertura de uma comissão processante que vai investigar a denúncia. Essa comissão deve notificar o prefeito na próxima semana. E depois que for notificado, Toni terá até 10 dias para apresentar a defesa.

A comissão processante, formada por três vereadores, vai iniciar as investigações sobre a denúncia na quinta-feira (16). O prefeito será intimado e testemunhas serão ouvidas. O prazo para conclusão dos trabalhos e apresentação do parecer da comissão é de até 90 dias.

Comentários

comments